lai

Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

Página Inicial Notícias Doação de leite ajuda recuperação de bebês internados em UTI
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Doação de leite ajuda recuperação de bebês internados em UTI
Qui, 13 de Junho de 2019 11:04

alt

Quando a filha nasceu, com apenas seis meses de gestação, Erika da Silva Albuquerque teve dificuldade de ordenhar, devido à baixa produtividade, o que é comum nos casos de prematuridade. É nesse momento, além de outros casos, que o leite da mãe doadora faz o diferencial para os bebês internados na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN). No Hospital Geral Dr. César Cals, da rede pública do Governo do Ceará, as rodas de conversas são mais um recurso utilizado para conscientizar as puérperas sobre a importância do aleitamento materno e da doação de leite humano.

Atualmente, Erika já consegue retirar o leite e levar para a filha, que precisa ganhar peso para finalmente ter alta e ir para casa. “Às vezes, sinto aflição por ela estar aqui, mas sei também que é tudo no tempo dela”, confessa. Ela vem todo dia ao hospital e acompanha a recuperação da filha, ajudando nos cuidados. À noite, volta para casa e mais leite doado é necessário. Por dia, a filha toma oito mililitros de leite a cada duas horas. Os recém-nascidos internados na UTI alimentam-se exclusivamente de leite humano, o que favorece na recuperação e diminui o tempo de internação. “A doação é muito importante, ela ajuda a produzir mais leite e salva a vida de outros bebês”, acrescenta Erika.

Por isso que a doação das mães que estão amamentando e têm excesso de leite é tão importante. Cada gota doada faz o diferencial para os bebês prematuros. No HGCC, que é referência também para prematuros extremos, o leite humano doado é ainda mais valioso. “Precisamos da maior quantidade de leite doado possível. Temos equipes para buscar o leite todo dia na casa das doadoras”, informa a enfermeira Cristina Rabelo. Todas mães que estiverem amamentando pode ser uma doadora. O primeiro passo é ligar gratuitamente para o HGCC, por meio do número gratuito 0800 286 5678 ou ainda para (85) 3101-5367. Todas as orientações serão passadas pela equipe do banco de leite e o atendimento pode ser feito também no próprio banco, na Avenida Imperador, 372, Centro.

alt

Referência estadual no aleitamento materno, o banco de leite humano do Hospital Geral Dr. César Cals tem uma relação muito próxima das mães que estão com bebês internados nas unidades neonatais, bem como com as mães que deram à luz em outras maternidades e que procuram o atendimento do banco. São por meio das orientações que são abordadas as principais dúvidas que envolvem a massagem para o estímulo da produção, ordenha correta, pega, ingurgitamento, fissuras e mastite e a doação.

Como doar

Doar é simples e faz bem. Toda mãe que amamenta pode fazer a doação. Ela precisa apenas retirar o excesso de leite e guardar no congelador, num vidro limpo e esterilizado, com tampa plástica, identificado com nome completo e a data da primeira coleta. O leite guardado pode ficar no congelador entre sete e 10 dias. Depois, basta entrar em contato com o banco de leite. A ligação pode ser feita a qualquer hora. O banco funciona 24 horas por dia. O HGCC também fornece os vidros esterilizados para dar continuidade à doação. Também é enviado o panfleto de informação e orientação.

Serviço:

Banco de leite do HGCC
Atendimento 24 horas
0800 286 5678 (ligação gratuita)

 

 

Assessoria de Comunicação do HGCC
Wescley Jorge
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. / 85 3101.5323
Facebook.com/HospitalGeralCesarCals

 

 

 

 

 

Calendário

Setembro 2019
D 2a 3a 4a 5a 6a S
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 1 2 3 4 5